Check up: entenda pra que servem os principais exames e qual sua importância

O câncer de mama é o tipo de câncer que mais ataca as mulheres, de acordo com o Instituto Nacional do Câncer (INCA), e existem fatores de risco para essa doença. Ainda mais que com os avanços da medicina, novos exames fora inventados, e alguns desses exames são considerados os principais para detectar o câncer de mama.

A última estimativa sobre o número de mulheres com câncer de mama foi para o ano de 2019 e indicava 59,700 novos casos da doença no Brasil, esse número representa 29,5% dos cânceres nas mulheres (não contando o câncer de pele não melanoma).

No ano de 2016 o Brasil registrou 16.069 mortes de mulheres por câncer de mama. Ou seja, esse tipo de câncer é o que mais mata mulheres no país.

O que é câncer de mama

O câncer de mama é o aparecimento de um tumor maligno que é resultado do crescimento desordenado das células da mama.

Durante a vida da mulher as células se dividem e depois de um tempo sofrem morte fisiológica natural.

Isso acontece de maneira contínua.

Por outro lado, se durante esse processo de multiplicação de divisão celular acontece uma mutação e essa mutação não é reparada, as células da mama crescem de maneira desordenada.

Isso faz com que essa célula, que antes era uma célula normal mas sofreu mutação, vire uma célula cancerosa, ou seja, um câncer.

Principais exames para o diagnóstico de câncer de mama

Autoexame: realizar o autoexame uma vez por mês é essencial para que a mulher conheça as próprias mamas.

Pois quando a mulher conhece bem as mamas ela é capaz de identificar com maior facilidade qualquer característica anormal.

Exame físico das mamas: esse exame é realizado pelo médico mastologista e permite que o profissional tenha contato com as mamas para verificar possíveis anomalias.

Ele é realizado após a anamnese, que é quando o médico faz perguntas de forma detalhada para a paciente.

Mamografia: esse exame é feito com o uso de um aparelho de raio x específico para as mamas, que é conhecido como mamógrafo.

A mamografia é o principal exame para diagnóstico e rastreamento do câncer de mama.

Mulheres acima de 40 anos devem fazer a mamografia uma vez por ano, e mulheres com histórico de câncer de mama na família devem começar a fazer mamografia a partir dos 35 anos de idade.

Ultrassonografia das mamas: esse exame é importante para avaliar, diagnosticar nódulos mamários e outras lesões na mama.

É importante ressaltar que a ultrassonografia não substitui a mamografia.

Ressonância magnética das mamas: esse já é um exame mais complexo, que é recomendado para mulheres que apresentam grandes ou vários fatores de risco para o câncer de mama.

A ressonância magnética das mamas é realizada por meio de raio x. Nesse caso o aparelho de ressonância magnética precisa ter equipamentos específicos para realizar o exame das mamas.

Citologia de mama: nesse exame é usada uma agulha fina para retirar uma amostra das células da mama.

Com essa amostra é possível detectar nódulos malignos ou benignos.

Fatores de risco para o câncer de mama

  • Mulheres que tiveram menstruação precoce (abaixo dos 11 anos)
  • Mulheres que não tiveram filhos ou tiveram filho após os 30 aos
  • Histórico familiar de câncer de mama
  • Sedentarismo e obesidade, especialmente após os 50 anos
  • Reposição hormonal
  • Idade acima de 50 anos
  • Menopausa após os 50 anos
  • Pessoas que já tiveram alguma lesão na mama.

É importante que você saiba que o câncer de mama quando é diagnosticado em seus estágios iniciais tem grandes chances de cura.

Por esse motivo é muito importante que você se cuide da melhor maneira possível, fazendo consultas exames regularmente na Camim mais próxima de você. Não deixe de se cuidar.

São pequenas ações que salvam vidas.

Venha fazer parte dessa família.

Planos a partir de R$72

 

Tenha o melhor custo beneficio. Simule aqui o valor do seu plano.

Venha fazer parte dessa família.

Planos a partir de R$72

 

Tenha o melhor custo beneficio. Simule aqui o valor do seu plano.