Check up: entenda pra que servem os principais exames e qual sua importância

Conhecido também como o mal do século, o estresse é um distúrbio que afeta bilhões de pessoas em todo o mundo. De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS) cerca de 90% da população mundial sofre com os sintomas do estresse.

É bem provável que você que está lendo já tenha sofrido de estresse pelo menos uma vez, ou ainda sofra desse mal.

Por isso, se você já teve ou ainda está com sintomas de estresse fique atento: vamos mostrar como diminuir o estresse na sua vida. Mas primeiro vamos entender o que é o estresse.

O que é estresse?

O estresse é uma resposta natural do organismo a situações que você considera como ameaça. Mesmo que você seja uma pessoa calma, seu corpo produz hormônios que estão diretamente ligados ao estresse.

Por exemplo: quando você considera uma situação perigosa o seu corpo se prepara para enfrentar essa situação. Nesse momento acontece uma descarga de adrenalina e o seu organismo reage para que você volte a ter o equilíbrio de saúde física e mental.

Portanto, doses de estresse podem fazer bem para o organismo. O problema é quando o estresse sai de controle e prejudica a pessoa, trazendo alguns sintomas.

Sintomas comuns de estresse

  • Alergias
  • Dor de cabeça
  • Doenças autoimunes
  • Gastrite
  • Refluxo
  • Problemas intestinais
  • Sintomas cardíacos.

Quando o estresse aparece de maneira muito forte ele pode resultar em outras doenças, como ansiedade, depressão, obesidade e problemas de coração.

Tipos de estresse

Existem pelo menos 2 tipos de estresse e eles são classificados como estresse agudo e estresse crônico.

Estresse agudo: o estresse agudo é o mais comum. Essa forma está ligada a situações recentes ou situações que irão acontecer em um futuro próximo. Normalmente ele não dura muito tempo.

Como quando você está atrasado para algum compromisso e se encontra preso no trânsito. Nesses momentos o organismo produz o hormônio do estresse em maiores quantidades que o normal.

Estresse crônico: esse tipo de estresse já é mais insistente, costumando durar bastante tempo.

O estresse crônico está ligado a preocupações diárias que temos no dia a dia. Como estar infeliz em um emprego ou relacionamento, preocupações com relação a dinheiro, saúde, etc.

Nesses casos o corpo não recebe sinais para retomar o equilíbrio, o que faz com que essas situações sejam mais duradouras, chegando a pontos onde ele é tão comum que o indivíduo se acostuma e não dá atenção para o que está sentindo.

Como diminuir o estresse

  • Procure descobrir o que está causando seu estresse
  • Procure um hobby de seu interesse
  • Tente controlar sua respiração
  • Confie mais em você
  • Não lute contra coisas que você não pode mudar
  • Procure dormir pelo menos 8h por dia
  • Pratique exercícios.

Procure descobrir o que está causando seu estresse

Uma das maneiras mais eficazes de diminuir o estresse é descobrir quais são as causas dele e se afastar delas. Muitas vezes não é possível se afastar completamente, mas diminuir a frequência com que você se envolve com essas causas irá trazer benefícios para você.

Procure um hobby do seu interesse

Quando você encontra uma atividade que te interesse você está ocupando sua mente de maneira positiva. Pois enquanto você está fazendo essa atividade a sua mente não vai se preocupar com outras coisas.

Tente controlar sua respiração

Mesmo que muitas pessoas não deem valor, a respiração tem papel importantíssimo no controle do estresse. Quando estamos estressados a respiração fica ofegante. Quando controlamos nossa respiração nós enviamos para o nosso cérebro a resposta de que estamos calmos.

Feche os olhos e respire lentamente por alguns minutos.

Confie mais em você

Quando lidamos com situações em que somos testados, seja por pressão do chefe ou pressão que nós mesmo colocamos em nós, costumamos ficar mais estressados.

Procure confiar mais no seu potencial. Faça com que você tenha controle sobre a situação. Dessa forma a pressão irá te levar adiante e não te derrubar.

Não lute contra coisas que você não pode mudar

Existem situações do dia a dia que irritam qualquer pessoa. Muitas dessas situações não podem ser mudadas por nós, e isso pode causar um sentimento de frustração que leva ao estresse.

Nesses casos o melhor a fazer é não tentar combater algo que não depende de você.

Procure dormir pelo menos 8h por dia

Ter uma boa qualidade de sono é fundamental para diminuir o estresse. Noites mal dormidas ou com poucas horas de sono podem te deixar cansado e irritado durante o dia, além de fazer você comer mais.

Pratique exercícios

Ao fazer alguma atividade física o seu corpo aumenta a produção de endorfina, que é o hormônio do bem-estar. Esse hormônio ajuda a diminuir as chances de você ficar estressado.

Caso esteja se sentindo muito estressado e sem conseguir realizar suas atividades básicas, não perca tempo. Agende já uma consulta com um psicólogo na Camim mais próxima de você.

Venha fazer parte dessa família.

Planos a partir de R$72

 

Tenha o melhor custo beneficio. Simule aqui o valor do seu plano.

Venha fazer parte dessa família.

Planos a partir de R$72

 

Tenha o melhor custo beneficio. Simule aqui o valor do seu plano.