Cuidados preventivos de saúde incluem realizar exames ginecológicos regulares, mesmo quando não houver sintomas presentes.

Os exames ginecológicos têm como objetivo garantir o bem-estar e a saúde da mulher e diagnosticar ou tratar algumas doenças como:

  • Endometriose
  • HPV
  • Corrimento vaginal anormal
  • Sangramento fora do período menstrual

Embora algumas vezes o assunto da higiene íntima feminina seja tratado como um tabu, não é!

Portanto, hoje vamos falar sobre a saúde da mulher.

Certamente, a importância de se conversar sobre todos os assuntos é gritante e isso vale para todas as idades.

É indicado que a mulher vá pelo menos uma vez por ano ao ginecologista.

Afinal, o objetivo é garantir o bem-estar, a saúde e diagnosticar algumas doenças comuns, como:

  • Endometriose
  • HPV
  • Corrimento vaginal anormal
  • Sangramento fora do período menstrual
  • Herpes genital
  • Candidíase
  • Clamídia

Existem também doenças que são assintomáticas, principalmente em sua fase inicial.

Contudo, se forem logo diagnosticadas, é possível ter um tratamento adequado para cada caso.

Por isso, por mais que não existam sintomas, é importante que toda menina/mulher vá ao especialista após a sua primeira menstruação e faça os exames ginecológicos para garantir que esteja tudo bem.

Os principais exames pedidos pelos ginecologistas são:

  • Ultrassonografia pélvica

É um exame muito simples de imagem que observa os ovários e o útero.  Primordialmente, ajuda a detectar doenças nesses órgãos, como: ovários policísticos, útero aumentado, infertilidade, entre outras.

  • Papanicolau (preventivo)

Nesse exame é feita uma raspagem com um instrumento que lembra um cotonete no interior do colo do útero. Uma pequena amostra de células é retirada e depois analisada no laboratório.

É possível identificar infecções vaginais e alterações que podem ser indicativas de câncer.

Mas lembre-se, deve ser feito uma vez ao ano e só é indicado para mulheres a partir de 21 anos que tenham iniciado sua vida sexual.

  • Rastreamento infeccioso

É feito um exame de sangue que consegue identificar doenças infecciosas, como:

  1. Candidíase
  2. Herpes
  3. HIV
  4. Sífilis
  • Colposcopia

Esse exame normalmente é indicado quando o Papanicolau tem resultados anormais.

Permite a observação direta da vulva, vagina e útero, é possível identificar alterações celulares benignas e malignas, como tumores ou sinais de infecção.

  • Histerossalpingografia

É um exame de raio-X em que a paciente toma um contraste para observar o colo do útero e trompas, identificando infertilidade ou inflamação nas trompas uterinas.

  • Laparoscopia diagnóstica

Essa é uma técnica invasiva que necessita de anestesia geral. Através de um tubo fino e com luz introduzido pela vagina, os órgãos reprodutores dentro do abdômen são observados da melhor forma.

É possível identificar endometriose, gravidez ectópica, dor pélvica e causas de infertilidade.

  • Ultrassom da mama

Normalmente esse exame é feito depois da palpação se houver algum caroço ou se a mamografia for inconclusiva, esse exame pode indicar nódulos nos seios ou até câncer de mama.