Importância da família no acompanhamento Psiquiátrico

Existem várias situações que necessitam de um tratamento Psiquiátrico, como é o caso de depressão, ansiedade, transtorno de pânico e muitas outras doenças.

Tratamento interdisciplinar

Todas essas doenças consideradas psicológicas, ou seja, que mexem totalmente com a mente e comportamento das pessoas, é preciso que tenham acompanhamento, não só de um psiquiatra como também de um psicólogo.
Esse tipo de tratamento é chamado de interdisciplinar, quando médicos de mais de uma área trabalham juntos para tratar uma mesma enfermidade.
Mas, independentemente disto, a família é de grande valia em todo e qualquer tratamento psicológico.

Importância da família

A importância da família no tratamento psicológico

De acordo com a OMS, a depressão é uma das doenças mais incapacitantes em todo o mundo, e quando se trata dela, esse tratamento interdisciplinar, contando também com a família é muito importante e primordial.
Esse fundamentalismo da família no tratamento é por conta do apoio e conforto que o paciente costuma encontrar.
A atitude mais importante é assegurar que a pessoa com depressão esteja em tratamento com a dupla psiquiatra mais psicólogo. É importante, inclusive, que essa procura seja feita logo no início dos sintomas para que o tratamento seja mais simples.

Se você se encontra em uma situação como essa, veja algumas orientações médicas de como agir:
Seja paciente. A convivência pode se tornar um pouco difícil, ter paciência é a chave para uma boa convivência.
Aceite que ninguém escolheu passar por problemas psicológicos, eles são uma doença como qualquer outra, porém muito difícil de ser tratada.

Acompanhe o tratamento de perto e esteja sempre em contato com o médico. Avise-o caso haja qualquer mudança brusca e cuide para que a pessoa esteja realizando-o da forma correta.
Não esqueça de você. Quando temos um parente passando por problemas, é comum abraçar a causa e trazer o problema para si. É muito importante separar um tempo para cuidar de si.