Check up: entenda pra que servem os principais exames e qual sua importância

Tudo mudou da noite para o dia. E manter a alimentação dos pequenos (e a dos adultos) saudável é um desafio durante esse período de quarentena. 

Possuir bons hábitos alimentares e refeições equilibradas ajudam a manter o sistema imunológico fortalecido e prevenir doenças como a obesidade infantil. Já que, agora, não estão mais fazendo atividades físicas e passeios, o gasto de energia é bem menor fazendo com que seja essencial não descuidar na alimentação ou consumir mais que o necessário.

Algumas dicas para cuidar da alimentação dos pequenos

É muito importante criar uma rotina, como se tudo estivesse normal. Isso vai, além de facilitar a alimentação, cuidar da saúde de todos nesse período.

  • Preserve a rotina – tenha horários definidos para cada refeição, pois isso reduz o risco de a criança querer comer lanches e doces durante o dia para “enganar” o estômago.
  • Mantenha o equilíbrio – Tudo é permitido, desde que com moderação. O ideal é uma alimentação saudável, mas isso não significa que não seja possível consumir pratos mais calóricos, como fastfood, por exemplo. Basta que essa seja uma exceção e apenas uma vez na semana. O mesmo vale para balas, chocolates e refrigerantes.
  • Opte pelo saudável – Quando pensar no que comer durante o dia, escolha uma variedade de alimentos bem coloridos e com uma ampla variedade de nutrientes. Frutas e verduras amarelas e laranjas são fontes de vitamina A, os vegetais verdes–escuro são fontes de ferro e as carnes são fontes de zinco. 
  • Cuide da imunidade – Para aumentar a resistência às doenças típicas do outono/inverno, como gripes e resfriados, a alimentação correta é uma das principais formas de manter-se forte e saudável.
  • Hidrate-se – Crianças nem sempre bebem a quantidade adequada de água, que auxilia o metabolismo a reagir melhor em qualquer quadro viral – especialmente agora, durante o outono/inverno. Ofereça água e sucos naturais com frequência. Além de manter os pequenos hidratados, auxiliará na manutenção da imunidade.
  • Relembre a infância – Mingaus de aveia, iogurtes e leites fermentados possuem fibras e probióticos que melhoram o funcionamento do intestino. 
  • Praticidade natural – Deixe frutas prontas para consumo à disposição da criança nos momentos em que a fome bater entre as refeições. 
  • Fracione os alimentos prontos – Oferecer alimentos diretamente nas embalagens pode ser uma cilada. Produtos industrializados como bolachas e salgadinhos devem ser fracionados e servidos em potes separados para limitar o consumo e evitar exageros.
  • Evite levar as crianças ao mercado – Mais do que nunca, deixe as crianças em casa ao fazer compras em supermercados. Além de ser uma medida de prevenção contra a Covid-19, a atitude permite que apenas o responsável escolha os itens a serem comprados, evitando as famosas “porcarias” ou gerando vontades desnecessárias às crianças.

Cuide de sua saúde e da sua família, faça sua cotação no site. Camim, quem tem saúde é mais feliz.

Venha fazer parte dessa família.

Planos a partir de R$72

 

Tenha o melhor custo beneficio. Simule aqui o valor do seu plano.

Venha fazer parte dessa família.

Planos a partir de R$72

 

Tenha o melhor custo beneficio. Simule aqui o valor do seu plano.