Check up: entenda pra que servem os principais exames e qual sua importância

A pressão alta é uma condição que atinge 1 em cada 4 brasileiros, de acordo com o Ministério da Saúde. Ela pode causar problemas graves como AVC.

Mas não pense que a pressão arterial é a vilã da história. Na verdade, a pressão arterial tem uma função importante no seu organismo.

Como funciona a pressão arterial

A pressão arterial é resultado da força que o sangue faz contra as paredes das artérias.

Uma boa comparação é a entre nosso coração e uma bomba d’água.

Quando a água é bombeada com muita pressão por muito tempo os efeitos como torneira pingando e vazamentos nos canos começam a aparecer.

Da mesma forma é com nosso coração. Quando a pressão está muito alta por anos os órgãos começam a ser afetados.

A pressão alta dilata o coração e prejudica o sistema arterial.

Porém, a pressão arterial desempenha um papel fundamental no organismo.

Uma vez que se o sangue saísse do coração sem pressão nenhuma o sangue não conseguiria circular pelo corpo e nós morreríamos em pouco tempo.

Sintomas que podem indicar pressão alta

Na maioria dos casos a hipertensão não apresenta sintomas. Os sintomas só aparecem quando a pessoa tem um aumento súbito da pressão, chamado de crise hipertensiva.

Nesse caso os sintomas são:

  • Dores no peito
  • Tontura
  • Enjoo
  • Mal-estar
  • Palpitação
  • Falta de ar
  • Sonolência
  • Fadiga
  • Dor de cabeça.

Causas da pressão alta

O fator genético é muito presente nos casos de pressão alta, por se tratar de uma condição de caráter hereditário.

De fato, a grande maioria dos hipertensos vêm de uma família de hipertensos.

Existem em menor número os casos de pessoas que desenvolveram a doença a partir de algum outro problema, como o estreitamento de uma artéria dos rins, por exemplo.

Ou através de hábitos que não são saudáveis como alimentação gordurosa, rica em sal e calorias, tabagismo e sedentarismo

Qual é a pressão arterial considerada normal?

Os níveis de pressão arterial aumentam de acordo com a idade. Crianças e adolescentes costumam ter pressão arterial mais baixa que os adultos.

Ao atingir a terceira idade a pressão arterial tende a aumentar ainda mais.

O nível de pressão recomendada é na faixa de 12 por 8. Quando a pressão está acima de 14 por 9 ela já é considerada alta.

Doenças relacionadas

Quando não tratada, a pressão alta pode aumentar os riscos de algumas doenças, especialmente doenças cardiovasculares.

As principais doenças relacionadas à hipertensão são: AVC, ataque cardíaco, doença renal crônica e insuficiência cardíaca.

Fatores de risco

O principal fator de risco é o genético. Outros fatores importantes da hipertensão são: idade, tabagismo, diabetes, alimentação rica em sal e gorduras e sedentarismo.

Pressão alta na gravidez

É caracterizada pelo aumento da pressão arterial a partir da vigésima semana de gestação. Acima de 14 por 9.

Ela pode acontecer em mulheres hipertensas e ter uma piora durante a gravidez, ou podem surgir durante a gravidez sem ter havido nenhum caso anterior.

O aumento de peso durante a gravidez está relacionado à pressão alta na gravidez.

O principal risco dessa hipertensão é o de eclampsia, que é uma doença caracterizada por convulsões e em alguns casos a morte.

Formas de prevenir

Ter uma alimentação balanceada, evitando ingerir álcool, alimentos gordurosos e excesso de sal, além de não fumar e praticar atividades físicas regularmente são boas maneiras de prevenir a pressão alta.

Aferir a pressão, consultar o médico e fazer exames de rotina regularmente também são formas de prevenir sua saúde de maneira geral.

Não deixe de se consultar com seu médico na Camim mais próxima de você. Sua saúde agradece!

Venha fazer parte dessa família.

Planos a partir de R$72

 

Tenha o melhor custo beneficio. Simule aqui o valor do seu plano.

Venha fazer parte dessa família.

Planos a partir de R$72

 

Tenha o melhor custo beneficio. Simule aqui o valor do seu plano.