Check up: entenda pra que servem os principais exames e qual sua importância

Com a descoberta da gravidez vem a alegria, mas também a certeza de que é preciso se cuidar melhor. Veja quais são os principais cuidados nas primeiras 4 semanas de gravidez.

Principais cuidados no primeiro mês de gravidez

  1. Ácido fólico

O ácido fólico é um importante aliado tanto antes, quanto durante a gravidez.

Se você não sabe o que é, o ácido fólico é uma vitamina do complexo B que diminui os riscos de defeitos nos tubos neurais do feto, que é formado no momento inicial da gravidez.

O ácido forte ajuda a diminuir os riscos de anencefalia, paralisia dos membros inferiores, incontinência urinária e intestinal do bebê, retardo mental e dificuldades de aprendizado na escola.

É importante que a gestante tome ácido fólico uma vez por dia, pelo menos nos primeiros 3 meses de gestação.

  1. Evite o uso de medicamentos durante a gravidez

Se você faz uso de algum medicamento de uso contínuo é necessário que você entre em contato com seu médico ao engravidar.

O risco acontece porque componentes dos medicamentos podem afetar o bebê.

Quando esses componentes atravessam a placenta, podem causar aborto e malformações.

Existem medicações que são seguras durante a gravidez, e para ter a certeza sobre isso é necessário entrar em contato com seu médico.

  1. Não beba álcool na gestação

O consumo do álcool é extremamente contraindicado durante a gestação em qualquer quantidade.

Isso porque o álcool penetra a placenta e pode prejudicar a criança, especialmente nos efeitos neurocomportamentais.

Dentre os problemas associados ao álcool na gravidez estão: defeitos cardíacos, comprometimento do crescimento dos pés, estrabismo, etc.

  1. Não abuse do café durante a gravidez

Se puder evitar tomar café durante a gravidez, evite.

Porque o consumo do café durante a gravidez está associado a problemas como: risco de aborto, baixo peso do bebê, diminuição do crescimento e prematuridade.

E não existe uma quantidade mínima que não possa fazer mal ao bebê.

Portanto, se você não consegue evitar por completo, não beba mais do que duas xícaras por dia.

  1. Evite fumar

É muito difícil parar de fumar da noite para o dia. Por isso, muitas vezes é necessário um acompanhamento com um psicólogo para conseguir largar o cigarro.

E largar o cigarro é essencial para uma gestação saudável. Não somente para a mamãe, mas também para o bebê.

Pois o fumo durante a gravidez pode causar aborto espontâneo, nascimento prematuro, deslocamento da placenta, e outras complicações na gravidez.

  1. Alimentação é chave

A alimentação durante a gravidez precisa ser balanceada e constante.

São poucas as contraindicações, mas é necessário que a gestante não coma carnes cruas ou malpassadas.

Também é necessário que as folhas e frutas ingeridas sejam sempre bem higienizadas.

Aliás, é mito que mãe precise comer por 2. Porém, é necessário que ela coma de 3 em 3 horas para evitar excessos.

  1. Exercícios físicos são muito importantes

Não é porque você engravidou que agora tem motivo para viver de forma sedentária. Pelo contrário. Manter o corpo em movimento é muito importante para sua saúde.

Obviamente é necessário executar cargas reduzidas de exercício. Mas é importante não ficar parada.

  1. O acompanhamento médico é essencial

É importantíssimo fazer o acompanhamento com uma obstetra desde o início para que todas as etapas de uma gestação saudável sejam cumpridas.

Portanto, se você está grávida marque uma consulta com a obstetra da Camim mais próxima e tenha uma excelente gestação.

Venha fazer parte dessa família.

Planos a partir de R$72

 

Tenha o melhor custo beneficio. Simule aqui o valor do seu plano.

Venha fazer parte dessa família.

Planos a partir de R$72

 

Tenha o melhor custo beneficio. Simule aqui o valor do seu plano.